SGAS 915 - Bloco C, sala 202 Ed. Office Center - Brasília-DF
Telefones: (61) 4101-0720 / 98619-2066 - Email: secretaria@saudeclinicasintegradas.com.br
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2028 por Ekletica Laboratório  Criativo

O que é EMDR

O QUE É TERAPIA EMDR

A sigla EMDR significa Dessensibilização e Reprocessamento por meio de Movimentos Oculares e é uma forma de terapia não-convencional, criada pela Dra. Francine Shapiro, psicóloga americana - PhD, que tem se tornado popular no tratamento de diversos problemas psicológicos e emocionais especialmente relacionados a traumas como o Transtorno de Estresse Pós-Traumático – TEPT.  

 

O EMDR também se mostra eficaz nos seguintes casos:

  • Ansiedade

  • Depressão                                                                          

  • Medos Traumas e Fobias (Pânico)

  • Medo de falar em público

  • Medo de dirigir

  • Dependência química

  • Baixa auto-estima

  • Dificuldades de relacionamento

  • Problemas conjugais

  • Transtorno do sono/alimentação

  • Transtorno Obsessivo Compulsivo

  • Timidez

  • Dor Crônica

  • Compulsões

  • Doenças Psicossomáticas

  • TEPT (situações decorrentes de abuso físico/sexual, acidentes, assalto, luto, separação, traição, etc.)

  • Problemas relacionados ao desempenho sexual

  • Bullying

  • Pesadelos Recorrentes

  • Memórias perturbadoras


Publico Alvo: Adultos, adolescentes, idosos, casais.
Essa abordagem terapêutica trabalha onde as memórias dolorosas são armazenadas, favorecendo o reprocessamento cerebral. Dessa forma, parte-se do princípio de que nós possuímos um sistema cerebral de processamento de informações e quando essas informações são armazenadas de maneira disfuncional, com conteúdos negativos, ocorrem as patologias. Portanto, por meio do EMDR, é possível acessar essa rede de informações e transformar seu conteúdo. Isto, conseqüentemente, irá influenciar na maneira como o indivíduo se relaciona com as pessoas e com o mundo.   Para isto, o EMDR utiliza os movimentos oculares do próprio paciente.
O terapeuta irá movimentar seus dedos de um lado para o outro na frente do paciente e o mesmo irá seguir seus movimentos enquanto se recorda de um momento perturbador acompanhado das sensações e das emoções que vierem.  Enquanto esse movimento acontece, também acontece a ativação bilateral do cérebro.  Outras formas de ativação bilateral podem ser utilizadas, como toques alternados nas mãos, nos pés ou sons bilaterais. Todos eles servem para diminuir o poder de memórias traumáticas com grande carga emocional. Aos poucos, o terapeuta irá guiar o paciente para memórias mais agradáveis e diminuir o efeito das memórias negativas.
Existem vários estudos que apontam a eficácia do EMDR e seus resultados se mostraram duradouros.